Viatura blindada Stuart M3A1

Tendo acompanhado as batalhas de 1940 no continente europeu de perto, os militares estadunidenses perceberam que a sua principal viatura de combate leve, o M2, estava obsoleto e que era necessária uma versão blindada mais pesada. O resultado foi o M3, que entrou em produção em 1941.

Aproximadamente foram construídas 6.000 unidades. Muitas foram transferidas para o Exército Vermelho soviético e para as forças britânicas, onde eram conhecidos como Stuarts. Sua confiabilidade e mobilidade eram impressionantes e elas eram populares com as guarnições, sendo usadas em todos os teatros da guerra.

Obsoletos como viaturas de combate em 1944, foram convertidas em viaturas de comando e reconhecimento, com as torres removidas e acréscimo de metralhadoras extras no lugar. As variantes incluíam versões para limpeza de minas, lança-chamas e antiaérea.

Ficha Técnica:

Pais de origem: Estados Unidos

Guarnição: 4

Peso: 12.927kg

Dimensões: Comprimento 4,54m

Largura: 2.24m

Altura: 2,30m

Alcance: 112,6km

Blindagem: 15-43mm (0,59-1,69pol)

Armamento: 1 canhão de 37mm; 2 metralhadoras de 7,7mm

Propulsão: 1 motor a gasolina de 7 Cilindros radial Continental W—970-9 desenvolvendo 250HP (186,5kW)

Desempenho: velocidade máxima em estrada 58km/h (36mph); passagem de vau 0,91m (3ft), obstáculo vertical 0.61m (2ft); fosso 1,83m (6ft)

 

Deixe um Comentário